Ultimo Kiarostami ganha exibição durante 24h no projeto #EmCasacomSesc



Último filme realizado pelo premiado poeta, cineasta, roteirista, produtor e fotógrafo iraniano Abbas Kiarostami, é uma coleção de 24 curtas-metragens, inspirados em imagens estáticas, como pinturas e fotografias.


Discretos e lânguidos, esses vinte e quatro segmentos, que duram quatro minutos e meio cada um, podem a princípio parecer mais ambientes do que partes de um filme; não seria absurdo afirmar que eles poderiam funcionar melhor como partes separadas de uma instalação em uma galeria. Um olhar mais atento revela que cada segmento tem sua própria forma narrativa, sua graça e lógica peculiares, até mesmo sua própria conclusão. Por sua vez, cada vinheta é ao mesmo tempo surpreendentemente composta e suavemente desorganizada - de forma inesperada, naturalista e assombrosa que sempre reconhecemos nas obras mais características de Kiarostami. Mas o filme é muito mais do que a soma de suas partes. À medida que assistimos a 24 FRAMES, cada segmento parece desenvolver as complexidades visuais e emocionais dos anteriores: vemos melhor a cada quadro. No final, é como se todo um mundo se abrisse - como se nossa própria compreensão do cinema tivesse mudado. O que poderia ser mais próprio de Kiarostami? Apesar de toda a sua vontade de apagar sua voz autoral do processo, o diretor imprimiu suas digitais em 24 FRAMES. Parece, às vezes, uma síntese de sua carreira de quase cinco décadas e um passo radical em uma nova direção. (Bilge Ebiri, The Criterion Collection)


24 FRAMES

Diretor: Abbas Kiarostami

Irã, 2017, 114 min


onde ver: Sesc Digital [até 5/6, às 20h]




Assine a newsletter Filmedodia.com



Tags: