Diretor de drama argentino discute filme no ciclo Cinema e Psicanálise


Alicia (Cecilia Roth) está desesperada para fazer com que seu filho Daniel (Benjamín Amadeo), acusado de tentar matar a ex-mulher, não seja preso. O longa argentino aponta para a complexidade das relações familiares e intimidade do lar burguês, onde convivem ternura, rotinas, festas, afetos, sonhos e, também, mentira, loucura, ignorância, narcisismo, abusos e violências.

O diretor e roteirista Sebastián Schindel e a médica psiquiatra e psicanalista Marta Úrsula Lambrecht participam de um debate no ciclo de Cinema e Psicanálise, programa do MIS-SP em parceria com a Sociedade Brasileira de Psicanálise e a Folha de S.Paulo).


DEBATE

9/3, às 20h

onde: canal do MIS no YouTube



CRIMES DE FAMÍLIA

Diretor: Sebastián Schindel

Argentina, 2020, 99 min, 16 anos


onde ver:






Trailer